Blog

Economia já está comprometida e cabe ao governo propor medidas para sa

26 Mar, 2020

Doutor em economia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Hermano Caixeta participou do programa Contraponto do Patos Hoje nessa quarta-feira (25) e alertou que o Governo Federal deve adotar medidas urgentes para tentar salvar a economia. Ele esclareceu que em momentos de forte crise como agora existem mecanismo que podem ser usados para socorrer setores e populações mais afetadas, como fizeram os Estados Unidos que divulgaram ontem um pacote de 2 trilhões de dólares.

Hermano afirmou que a crise econômica se instalou antes mesmo do novo coronavírus chegar ao Brasil. Ele explicou que as bolsas de valores começaram a perder valor quando a contaminação em massa começou a acontecer na China.

Ao contrário de alguns argumentos colocados nos últimos dias, para o economista, salvar a economia depende primeiramente de evitar que o Coronavírus cause uma contaminação em massa. Ele explicou que nenhuma economia sobrevive se a população estiver vivendo em constante ameaça de ficar doente.

Com relação ao dilema de manter as pessoas em casa e prejudicar a economia ou tentar salvar a economia e por as pessoas em risco de contaminação, Hermano Caixeta esclareceu que países que hoje enfrentam grandes níveis de mortalidade em decorrência do Coronavírus também passaram por este momento.

Por fim, o economista afirmou que cabe ao Governo Federal adotar medidas econômicas para salvar os setores mais afetados e as pessoas mais atingidas pela pandemia da Covid-19. Ele afirmou que existem mecanismos para isso e outros países, como os Estados Unidos, Inglaterra e Alemanha, já estão fazendo.

 

Autor: Maurício Rocha Postado em 26/03/2020

0 Comentários

Adicione um comentário

Anunciantes