Segunda-feira, 16 de Julho de 2018
HOME img QUEM SOU img PROGRAMAÇÃO img DOWNLOADS img NOTÍCIAS img CHAT img PROMOÇÕES img ANUNCIE img FALE CONOSCO  
GALERIA DE FOTOS PARCERIAS RÁDIO NO SEU SITE EQUIPE MURAL DE RECADOS AGENDA DE EVENTOS VIDEOS    
 
  NO AR
img
Locutor
AUTO DJ TRANSADONA
 
  RECEBA AS ATUALIZAÇÕES
img
Dj Guiga (34) 9908 9588
Receba as atualizações do site direto em seu e-mail!
NOME:
E-MAIL:
 
  PEÇA SEU SOM
img
Seu nome:
Cidades / Estado:
Pedido / Mensagem :
 
  OUVINTE DO MÊS cadastre-se  
img
 
  TOP 5
img
01 - DOES IT MATTER - JANIECK
02 - THE FLAVOR - CALIPPO
03 - ONE MORE DAY - MR BELT
04 - I NEED A PAINKILLER -ARMAND VAN HELDEN
05 - KEEP YOUR HEAD UP - FIREBEATZ

 
  ENQUETE
img

Nenhuma Enquete encontrada!

 
  AGENDA
img
20/07/2018
Casamento Ludimila e Vitor
21/07/2018
Casamento Eduardo
28/07/2018
Casamento Atanael
11/08/2018
Casamento Rosiane
 
  NOTÍCIAS
img
 
Sem resposta da Copasa, prefeito deve romper contrato de água e esgoto, segundo advogado
O prazo venceu na semana passada sem que a direção da Copasa se pronunciasse.
O advogado Arnaldo Queiroz de Melo Júnior entende que o contrato entre a Prefeitura de Patos de Minas e a Copasa deve perder a validade. Segundo ele, o documento assinado pelo prefeito José Eustáquio estabelece prazo para que a Companhia responda se aceita ou não os termos de um novo acordo, sob pena de ser considerada a caducidade do contrato. Esse prazo venceu na semana passada.

Diante de muita pressão, a Copasa havia proposto adiar o reajuste na taxa de esgoto pelo prazo de um ano para compensar os atrasos nas obras da Estação de Tratamento. Entretanto, a proposta da Prefeitura de Patos de Minas é para que a Companhia deixe de cobrar a taxa por nove anos, que é o período em que é cobrada a taxa de esgoto na cidade sem que haja o tratamento.

A proposta apresentada pela Prefeitura informa inclusive que, caso não aceite interromper a cobrança da taxa, será considerada a caducidade do contrato. A direção da Copasa pediu prazo até 10 de maio para dar uma resposta. O prazo venceu na semana passada sem que a direção da Copasa se pronunciasse.

Diante disso, o advogado Arnaldo Queiroz de Melo Júnior entende que o prefeito deve cumprir o que foi assinado na proposta apresentada à Copasa, que é de por fim ao contrato com a Companhia e buscar uma nova alternativa para coletar e tratar o esgoto em Patos de Minas e também para cuidar do abastecimento de água.

Arnaldo sugeriu que o município tenha o seu próprio departamento de água e esgoto, como existe hoje em Uberlândia e com tarifas muito mais baixas do que as da Copasa.



Autor: Maurício Rocha Postado em 15/05/2018


Fonte: Patos Hoje 
Notícia Postada em 15/05/2018 por: Dj Guiga


  VEJA TAMBÉM!

[13/07/2018] - Hipermercado em Patos de Minas recebe convidados em Mostra de Vinhos, Queijos e Massas
[13/07/2018] - Academia explica objetivo social da festa julina que interditou rua no centro de Patos de Minas
[13/07/2018] - CODEMA e Polícia de Meio Ambiente vistoriam loteamento interditado por danos ambientais
[13/07/2018] - Confira a letra do novo single do Capital Inicial "Tudo Vai Mudar"
[13/07/2018] - Veja os bastidores do clipe "Solo" do Clean Bandit com Demi Lovato
[12/07/2018] - Entidades assistenciais recebem cheques de quase R$ 170 mil arrecadados no Leilão do Bem
[12/07/2018] - Policiais do GEPMOR apreendem pistola 9mm e 43 munições em veículo no Distrito Industrial I
[12/07/2018] - Formandos de 4 cursos têm baile cancelado e veem sonho virar pesadelo em Patos de Minas
[12/07/2018] - Alessia Cara canta "Growing Pains" no talk show de Stephen Colbert. Veja!
[12/07/2018] - Veja o dueto de Anne-Marie e Ed Sheeran no vídeo acústico de "2002"
 
© 2010 - www.djguiga.com.br - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Streaming