Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018
HOME img QUEM SOU img PROGRAMAÇÃO img DOWNLOADS img NOTÍCIAS img CHAT img PROMOÇÕES img ANUNCIE img FALE CONOSCO  
GALERIA DE FOTOS PARCERIAS RÁDIO NO SEU SITE EQUIPE MURAL DE RECADOS AGENDA DE EVENTOS VIDEOS    
 
  NO AR
img
Locutor
AUTO DJ TRANSADONA
 
  RECEBA AS ATUALIZAÇÕES
img
Dj Guiga (34) 9908 9588
Receba as atualizações do site direto em seu e-mail!
NOME:
E-MAIL:
 
  PEÇA SEU SOM
img
Seu nome:
Cidades / Estado:
Pedido / Mensagem :
 
  OUVINTE DO MÊS cadastre-se  
img
 
  TOP 5
img
01 - DOES IT MATTER - JANIECK
02 - THE FLAVOR - CALIPPO
03 - ONE MORE DAY - MR BELT
04 - I NEED A PAINKILLER -ARMAND VAN HELDEN
05 - KEEP YOUR HEAD UP - FIREBEATZ

 
  ENQUETE
img

Nenhuma Enquete encontrada!

 
  AGENDA
img
21/09/2018
Evento Beneficente
27/10/2018
Aniversário 15 anos filha Maria Pereira
10/11/2018
Casamento Cleonilda
30/11/2018
Aniversário 15 anos filha Juliana
 
  NOTÍCIAS
img
 
Sem resposta da Copasa, prefeito deve romper contrato de água e esgoto, segundo advogado
O prazo venceu na semana passada sem que a direção da Copasa se pronunciasse.
O advogado Arnaldo Queiroz de Melo Júnior entende que o contrato entre a Prefeitura de Patos de Minas e a Copasa deve perder a validade. Segundo ele, o documento assinado pelo prefeito José Eustáquio estabelece prazo para que a Companhia responda se aceita ou não os termos de um novo acordo, sob pena de ser considerada a caducidade do contrato. Esse prazo venceu na semana passada.

Diante de muita pressão, a Copasa havia proposto adiar o reajuste na taxa de esgoto pelo prazo de um ano para compensar os atrasos nas obras da Estação de Tratamento. Entretanto, a proposta da Prefeitura de Patos de Minas é para que a Companhia deixe de cobrar a taxa por nove anos, que é o período em que é cobrada a taxa de esgoto na cidade sem que haja o tratamento.

A proposta apresentada pela Prefeitura informa inclusive que, caso não aceite interromper a cobrança da taxa, será considerada a caducidade do contrato. A direção da Copasa pediu prazo até 10 de maio para dar uma resposta. O prazo venceu na semana passada sem que a direção da Copasa se pronunciasse.

Diante disso, o advogado Arnaldo Queiroz de Melo Júnior entende que o prefeito deve cumprir o que foi assinado na proposta apresentada à Copasa, que é de por fim ao contrato com a Companhia e buscar uma nova alternativa para coletar e tratar o esgoto em Patos de Minas e também para cuidar do abastecimento de água.

Arnaldo sugeriu que o município tenha o seu próprio departamento de água e esgoto, como existe hoje em Uberlândia e com tarifas muito mais baixas do que as da Copasa.



Autor: Maurício Rocha Postado em 15/05/2018


Fonte: Patos Hoje 
Notícia Postada em 15/05/2018 por: Dj Guiga


  VEJA TAMBÉM!

[18/09/2018] - Mulher é agredida a socos durante visita íntima por amásio no Presídio Sebastião Satiro
[18/09/2018] - Ação na Orla da Lagoa Grande vai promover o reconhecimento paterno, inclusive com DNA
[18/09/2018] - Homem põe réplica de pistola na cintura, faz ameaças e acaba sendo preso pela Polícia Militar
[18/09/2018] - Lily Allen revela que teve ajuda de Chris Martin para se livrar do seu vício em drogas
[18/09/2018] - Ariana Grande pode fazer uma pausa na carreira
[17/09/2018] - Incêndio na madrugada consome residência e assusta moradores em Patos de Minas
[17/09/2018] - Caminhões de lixo ficam presos no barro e precisam da ajuda de trator para chegar ao Aterro
[17/09/2018] - Adolescentes acusados de assassinar desafeto são apreendidos horas depois do crime
[17/09/2018] - Em Homenagem, Ariana Grande compartilha Stories escutando o último álbum de Mac Miller
[17/09/2018] - Paul McCartney lança clipe filmado na Bahia. Veja "Back in Brazil"
 
© 2010 - www.djguiga.com.br - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Hospedagem e Streaming por Link Oficial